generalidades

redes sociais

Estou tentando abandonar algumas delas. Foram-se o twitter (update: a conta do twitter volto, segue lá: @miudezas), o foursquare e o orkut, por enquanto. O twitter eu já mal usava, mesmo. Estava seguindo umas 20 pessoas apenas, mas só umas quatro ou cinco postavam. Já o foursquare era uma rede bem recente pra mim, mas cortei, porque ficava dando vontade de fazer check-in o tempo todo. Pode ser bem irritante para quem estiver junto e, sinceramente, eu sabia o quanto aquilo era inútil desde que comecei a usar a ferramenta. Sobre o orkut, desnecessário comentar.

O facebook eu não penso ainda em cancelar. Já pensei em fazer uma limpa nos contatos (quantas vezes vejo uma atualização nos feeds e penso: “jesus, quem é essa pessoa?”), e a ideia não foi totalmente descartada (a de fazer a limpa nos contatos). Todo o meu conteúdo é aberto, mesmo. Mas de uns dois dias pra cá estou tentando cortar drasticamente o acesso aos feeds, pois é isso que ferra com tudo. Ontem eu me proibi de olhar as atualizações dos contatos. Hoje eu não me proibi, mas sempre que me pegava fazendo isso eu parava imediatamente. Quero ver se transformo isso num hábito, porque aí a ferramenta deixa de ser tão suga-tempo como é. Tem coisa interessante, é claro. Mas é preciso olhar tanta porcaria para achar algo que presta – e às vezes é algo só engraçado, mas não útil, e eu podia facilmente passar sem aquilo.

Com o instagram eu ainda não sei o que fazer, sinceramente. Ele está na berlinda, porque também mais atrapalha do que ajuda. Ferramentas para guardar fotos não faltam (meu flickr está parado há um tempinho, já, mas continua lá). E confesso que mais gosto de olhar fotos dos outros do que de postar – e aí está o problema: não é a melhor hora da minha vida para desperdiçar tempo em redes sociais, certamente.

O pinterest eu não quero cancelar, porque uso sobretudo para guardar as inspirações para a construção da casa, quando essa hora chegar. O tumblr também continua lá, porque se eu o abro uma vez por mês, é muito. Então não me atrabalha e às vezes me traz umas coisas bem bonitas (que eu guardo no pinterest).

O que eu acho que tem mais peso agora e é um objetivo firme é deixar de acompanhar os feeds do facebook. A outra questão a ser resolvida é o instagram, mas ontem eu já fiz um corte na lista de quem eu seguia, para dar um primeiro passo.

Anúncios