generalidades

give peace a chance

Olha, nem sempre as coisas são fáceis. E é mais difícil lidar com isso quando a situação estar de uma determinada forma não depende de ti. Como o mundo está cheio de pessoas mal-intencionadas, a gente fica sem saber o que esperar – e pode se surpreender com a disponibilidade de algumas pessoas em criar conflito e não querer viver em paz.

É engraçado, né? Todo mundo diz que quer ser feliz. Eu só não entendo o conceito de felicidade de algumas pessoas. A felicidade para alguns é ver o tormento de outros? Só pode, né? Mas isso realmente faz alguém feliz? É meio cansativo ver pessoas “dando murro em ponta de faca”, se afundando, vendo a vida passar sem fazer nada por si, só contra os outros. Eu conheço algumas poucas pessoas assim, e é muito triste constatar isso, principalmente quando me afeta ou afeta alguém por quem tenho apreço.

É tanta gente reclamando de corrupção, dando lição de moral sobre honestidade e levantando a bandeira da bondade nas redes sociais (porque está na moda), mas na vida real não pensa duas vezes em sacanear alguém e desrespeitar qualquer regra que lhe desagrade.

Eu faço a minha parte e tenho tentado evitar que essas atitudes, sobre as quais eu não tenho controle, me afetem. Tomo meu chá de camomila, ligo uma música agradável e vou trabalhar, estudar, fazer algo por mim. Eu, pelo menos, sou convicta no meu plano de ser feliz. Eu avalio a questão a longo prazo e decido quais brigas vale a pena comprar. Tenho achado melhor não comprar briga nenhuma.

E, no fim, sempre me lembro do mais importante: no meu microcosmo, no meu mundo particular, reina a paz e a harmonia. Isso eu controlo. E é nisso que tenho que manter o foco, porque é daí que vem a minha felicidade de verdade. O resto é o que não depende de mim, e se não depende de mim eu não vou me culpar nem me sentir infeliz por causa disso. Algumas coisas até me fortalecem e me dão mais convicção de que tenho feito as escolhas certas para viver em paz. Porque viver bem também é uma escolha.

Anúncios

Um comentário em “give peace a chance

  1. Oi, Daise, espero que você consiga se afastar mesmo, pois viver perto de quem não está a fim de aproveitar a vida com tranquilidade não vale a pena. Eu sou muito agradecida por levar minha vidinha tranquila. Felizmente neste momento não estou perto de ninguém que pense muito diferente disso. Beijo

    Curtir

Deixa um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s